Sou a Thalita Vitoreli, jornalista, 27 anos. Me casei em 2012 e estou aprendendo a curtir a maravilhosa viagem que é o casamento!
Vamos juntas?!
Confira aqui todas as colaboradoras do Tô Casada.com!

Curta no Facebook!

Instagram

Parceiros

+ acessadas

Arquivos

Um ano de Heloísa! Um ano aprendendo a ser papai e mamãe!

28set
Publicado por Blog TôCasada.com

Você acha que eu deveria ter um bebê?
— Vai mudar a sua vida — eu digo, cuidadosamente, mantendo meu tom neutro.
— Eu sei — ela diz. — Nada de dormir até tarde nos finais de semana, nada de férias espontâneas…Mas não foi nada disso que eu quis dizer.
Eu olho tentando decidir o que dizer a ela. Eu quero que ela saiba o que ela nunca vai aprender no curso de casais grávidos.
Eu quero lhe dizer que as feridas físicas de dar à luz irão se curar, mas que tornar-se mãe deixará uma ferida emocional tão exposta que ela estará para sempre vulnerável.
Eu penso em alertá-la que ela nunca mais vai ler um jornal sem se perguntar: “E se tivesse sido o MEU filho?”; que cada acidente de
avião, cada incêndio irá lhe assombrar; que quando ela vir fotos de crianças morrendo de fome, ela se perguntará se algo poderia ser pior
do que ver seu filho morrer.
Olho para suas unhas com a manicure impecável, seu terno estiloso e penso que não importa o quão sofisticada ela seja, tornar-se mãe irá reduzí-la ao nível primitivo da ursa que protege seu filhote; que um grito urgente de “Mãe!” fará com que ela derrube um suflê na sua melhor louça sem hesitar nem por um instante.
Eu sinto que deveria avisá-la que não importa quantos anos investiu em sua carreira, ela será arrancada dos trilhos profissionais pela
maternidade. Ela pode conseguir uma escolinha, mas um belo dia entrará
numa importante reunião de negócios e pensará no cheiro do seu bebê. Ela vai ter que usar cada milímetro de sua disciplina para evitar sair correndo para casa, apenas para ter certeza de que o seu bebê está bem.
Eu quero que ela saiba que decisões do dia a dia não mais serão rotina. Não importa o quão assertiva ela seja no escritório, se questionará
constantemente como mãe.
Eu quero assegurá-la de que o peso da gravidez ela perderá eventualmente, mas que jamais se sentirá a mesma sobre si mesma; que a
vida dela, hoje tão importante, será de menor valor quando ela tiver um filho; que ela a daria num segundo para salvar sua cria — mas que
também começará a desejar mais anos de vida, não para realizar seus próprios sonhos, mas para ver seus filhos realizarem os deles.
Eu quero que ela saiba que a cicatriz de uma cesárea ou estrias, se tornarão medalhas de honra.
O relacionamento dela com seu marido irá mudar, mas não da forma como ela pensa. Eu queria que ela entendesse o quanto mais se pode amar um homem que tem cuidado ao passar pomadinhas num bebê ou que nunca
hesita em brincar com sua filha. Eu acho que ela deveria saber que ela se apaixonará por ele novamente por razões que hoje ela acharia nada românticas.
Eu gostaria que ela pudesse perceber a conexão que sentirá com as mulheres que, através da história, tentaram acabar com as guerras, o preconceito e com os motoristas bêbados.
Eu espero que ela possa entender por que se pode pensar racionalmente sobre a maioria das coisas, mas nos tornamos temporariamente insana quando discuto a ameaça da guerra nuclear para o futuro dos nossos filhos.
Eu quero descrever para essa mamãe a enorme emoção de ver seu filho aprender a andar de bicicleta.
Quero mostrar a ela a gargalhada gostosa de um bebê que está tocando o pelo macio de um cachorro ou gato pela primeira vez. Quero que ela prove a alegria que, de tão real, chega a doer.
O olhar de estranheza dela me faz perceber que tenho lágrimas nos olhos.
— Você jamais se arrependerá — digo finalmente. Então estico minha mão
sobre a mesa, aperto-lhe a mão e faço uma prece silenciosa por ela e por mim e por todas as mulheres meramente mortais que encontraram em seu caminho esse que é o mais maravilhoso dos chamados; esse presente abençoado de Deus, que é ser mãe.

Autor Desconhecido

#primeiroaniversario #vidademae #vivaheloisa

 

A Primavera sempre volta!

18jul
Publicado por Blog TôCasada.com

Me lembro como se fosse hoje. Eu estava grávida. Curtindo cada momento. A mamãe empolgada de primeira viagem! Era Julho. O inverno estava em seu ápice, mas as flores quiseram chegar antes. Num dia, galhos secos, árvores sem vida. No outro, como num estalar de dedos, folhas rosas vivas e folhas verdinhas: Os Ipês.
A cidade cheia deles. Por onde a gente passava cruzava com um Ipê florido e um tapete de pétalas ao chão. Tiramos várias fotos! Eu, você dentro daquele barrigão e os Ipês.
____________
Essa semana eles voltaram a ‘dar as caras’ pela cidade. E não importa o frio que está, eles floresceram! Nos cruzamos enquanto eu dirigia, durante a caminhada, na ida à um lugar qualquer. Mero acaso?
_____________
Não! Nitidamente eu escuto Deus falando comigo: “minha filha amada, a estação das flores vai voltar. De um dia para o outro posso fazer nova todas as coisas. Basta uma palavra minha.” 


Vida. Flores. Folhas verdes. Sombra. Beleza. Leveza.

 

Heloísa: nossa pequena flor nasceu!

05nov
Publicado por Blog TôCasada.com

ursinha

 

Sobre a primavera

Uma gestação dura nove meses completos. São 40 semanas. Cerca de 280 dias que se entrelaçam com as quatro estações do ano. Uma vida sendo gerada à medida em que aqui na Terra o verão, outono, inverno e primavera vão passando como quem não quer nada.
Alguns podem pensar que a duração da gravidez não significa nada além do tempo necessário para o completo crescimento e desenvolvimento de um bebê. Algo somente biológico?! Para mim, porém, é parte do plano de Deus. Uma forma perfeita em que um bebê saudável é gerado enquanto uma nova mãe e um novo contexto familiar surgem. Enfim: uma nova estação da vida!
_________

Foi no verão que descobrimos você. Nunca irei me esquecer daquele dia em que o teste confirmou o tão esperado: “positivo”. Um presente que pedi a Deus. O sol de janeiro na minha janela me convidando para viver as novidades e as descobertas da minha nova realidade. O ventinho balançando a cortina. O gosto das férias. Da rede. Do sorvete preferido.

Desde então, passamos pelos meses e estações cronologicamente e emocionalmente à medida em que esperávamos você. O outono do tempo arrastado, incertezas e desconhecidos. O inverno das notícias inesperadas, mas do descanso no colo quentinho de Deus. Do tempo de repensar: o que é essencial para viver? Quais valores irei ensinar para minha filha? Será que eu sou um bom exemplo para ela?

Sei que não foram meros dias e horas do calendário de mais um ano qualquer que correram enquanto você crescia no meu ventre, mas foi Deus me mostrando que as estações da vida vêm e vão e que elas sempre ensinam algo de valor a quem está disposto a aprender.

Agora estamos qui. Hoje é dia 27 de setembro de 2016, data da sua chegada ao mundo. Estamos na primavera. Quero que saiba que aguardamos ansiosos por ver esta flor brotar. Você é o presente que Deus nos deu na estação certa da vida – no tempo determinado por Ele. Valeu à pena esperar cada dia e viver todos os momentos dessa aventura chamada gravidez. Nossa vida está cheia das cores da nova estação e meu coração agradecido por estar viva e gerar uma vida, gerar você.

Minha filha, sei que nem tudo serão flores mas você sempre será a nossa primavera. Te amamos!

assinatura

Ensaio de Gestante

20set
Publicado por Blog TôCasada.com

Uma das coisas mais gostosas da gravidez é eternizar as lembranças por meio das fotografias! É maravilhoso acompanhar a mudança do corpo, o crescimento da barriga e o envolvimento do casal neste momento tão importante!

Essas são as nossas fotos de gestante, eternizadas pela empresa Afetto Fotografia. Uma das maneiras da nossa Heloísa saber o quanto foi planejada, amada e esperada por nós. A chegada dela nos deixa assim: nas nuvens!

assinatura

Cartas para um bebê #11

17set
Publicado por Blog TôCasada.com

cartas para um bebe

Últimos acontecimentos antes da sua chegada


Sua chegada está próxima e a ansiedade vai tomando conta do nosso coração. Nesses últimos dias temos visto os detalhes do seu quartinho, comprado os itens que faltam, organizado a casa para receber você. É tão gostoso lavar suas roupinhas e ficar abrindo a gaveta para sentir aquele cheirinho de neném no ar!

Aproveitamos para fazer algumas fotos de gestante para eternizar esse momento da sua espera e elas ficaram lindas!!

Mamãe levou um susto quando perdeu o tampão mucoso, um dos sinais de que o trabalho de parto se aproxima. Tivemos que ficar em repouso por um bom tempo!

No dia 28/08 aconteceu o seu chá de bebê. À princípio não iríamos fazer nada porque a mamãe estava se sentindo bem cansada para organizar uma festa, mas com a ajuda das pessoas da nossa família e das amigas próximas, fizemos um chá de amigas para comemorar a sua chegada e dizer o quanto você é importante, amada e esperada! Foi bem gostoso e especial!

Logo depois do chá de bebê iniciamos a licença maternidade.

Duas semanas antes da previsão do parto o papai machucou o joelho! Adivinha o que eles estava fazendo??? Isso mesmo, jogando futebol! Enfim…neste momento ele está em um tempo para recuperação e deixou a mamãe bem preocupada: será que ele vai para a maternidade de muletas? Esse é o seu papai, Heloísa! Ele sempre faz surpresas viu…vai se acostumando!

Agora o dia está próximo. Depois de toda essa espera está chegando a nova estação em nossa vida. Não vemos a hora de ter você nos braços, sentir seu cheirinho, ver com quem você se parece. Estamos esperando você com muito amor!

assinatura