Sou a Thalita Vitoreli, jornalista, 27 anos. Me casei em 2012 e estou aprendendo a curtir a maravilhosa viagem que é o casamento!
Vamos juntas?!
Confira aqui todas as colaboradoras do Tô Casada.com!

Curta no Facebook!

Instagram

Parceiros

+ acessadas

Arquivos

Devocional #25 – A Resolução de Toda Mulher

30set
Publicado por Blog TôCasada.com

devocional 25

Seria repetição eu dizer para você que PERDOAR é necessário. Mesmo que seja a última coisa que a gente queira fazer, nós sabemos que devemos perdoar, não é verdade? Ninguém quer viver carregando um peso, uma amargura, um ressentimento sobre o passado e as pessoas. Mas porque é tão difícil perdoar?

Quero destacar três aspectos que considero importantes sobre o perdão:

1.Precisamos aceitar o perdão de Jesus.
2.Precisamos perdoar quem errou conosco.
3.Precisamos pedir perdão sobre os nossos erros.

O perdão é uma escolha difícil, mas que pode mudar o rumo da nossa vida.

“Escolher o perdão é uma atitude muito parecida com a tecla DELETE de nossos computadores, pois ela apaga os acidentes e as ações inaceitáveis que foram escritas nas páginas de nossas vidas. Perdoar significa tomar a decisão de seguir em frente e de escrever os capítulos seguintes sem ter que incorporar os resíduos estragados dos últimos capítulos. Pressionar a tecla DELETE é uma escolha única e conclusiva, seguida por uma série contínua de decisões diárias menores, mas igualmente importantes, a serem continuamente deletadas, libertando-nos do desejo de se agarrar ao que já foi feito.”

Hoje, vamos falar sobre aceitar o perdão de Jesus.

“Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus. Deus o ofereceu como sacrifício para propiciação mediante a fé, pelo seu sangue, demonstrando a sua justiça. Em sua tolerância, havia deixado impunes os pecados anteriormente cometidos; mas, no presente, demonstrou a sua justiça, a fim de ser justo e justificador daquele que tem fé em Jesus.” Romanos 3:23-26

E quando o problema é você?


“Tão difícil quanto apagar o mal que alguém causou na sua vida, limpar o registro dos erros que você infligiu será uma das tarefas mais difíceis que lhe serão determinadas. Mesmo que possa verdadeiramente perdoar os outros, você não pode sempre aparentar que perdoou a si mesma”

Você já deve ter ouvido a frase: “você precisa perdoar a si mesma!” Fato é que a capacidade de perdoar a si mesma é pessoalmente impossível. Mas e se mudássemos a forma de enxergar a pergunta. Se ao invés de “você precisa perdoar a si mesma” pensássemos “você precisa aceitar o perdão que Jesus já te concedeu”? É possível?

“Talvez você tenha escolhido fazer um aborto anos atrás. Talvez você tenha causado um acidente. Talvez você tenha dado início a uma confusão não intencional. Talvez você tenha perdido uma oportunidade que lhe custou mais dinheiro, mais dor e mais arrependimento do que você gostaria. Talvez você tenha feito inúmeras coisas que tornaram a convivência harmoniosa com algumas pessoas uma tarefa quase impossível. Isso vem à sua mente o tempo todo, e você não consegue perdoar a si mesma […] os erros do passado estão quase visivelmente em seus ombros, curvando-a com a força o peso morto que somente um erro do pode provocar.”

Você acredita que o que Cristo fez por você é suficiente para lhe perdoar?

“Cristo sofreu uma morte terrível para te perdoar dos seus pecados, e a obra dele foi tão completa que Ele é capaz de prometer e declarar para mim e para você: “Porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados.” (Jeremias 31:34). Ele deletou cada pecado que você já cometeu, e Ele mesmo – o seu maior governante e juiz – escolher esquecer suas más ações e não tem a intenção de te punir por causa delas. Então porque você faria isso?”

“Porque o perdão de nenhum ser humano é forte o suficiente – nem mesmo o seu – para te livrar da lembrança atormentadora da sua ofensa e do manto da culpa que recai sobre os seus ombros […] somente pela aceitação graciosa do dom concedido a você por meio de Cristo Jesus é possível tornar-se realmente livre – da escravidão, de suas amarras e livres para ver que o seu Salvador apertou o botão Delete e apagou os seus pecados.”

O que nos resta agora? Só podemos aceitar o perdão de Cristo e buscar viver uma vida correta diante dEle. Isso não significa que nossos erros não tenham consequência, mas que eles têm perdão!

“A tristeza segundo Deus produz arrependimento para salvação” (2 Coríntios 7:10)

Que você possa ter um tempo com Deus e se lembrar de uma ação do seu passado que ainda esteja mal resolvida. Você não pode perdoar a si mesma sozinha, mas Jesus pode. Aliás, ele já perdoou você quando se entregou na Cruz e morreu no seu lugar. Você só precisa aceitar isso!

Deus abençoe você!

assinatura_thalita

Ainda não conhece nosso projeto de Devocional? Sempre às quartas-feira compartilhamos nossas impressões sobre um capítulo do livro A Resolução de Toda Mulher. Participe com a gente! Conheça mais sobre o projeto clicando aqui.

Devocionais anteriores:

#1Devocional#2Devocional #3Devocional #4Devocional #5Devocional

#6Devocional #7Devocional #8Devocional #9Devocional #10Devocional

#11Devocional #12Devocional #13Devocional #14Devocional #15Devocional

#16Devocional #17Devocional #18Devocional #19Devocional #20Devocional

#21Devocional #22Devocional #23Devocional #24Devocional

Deixe aqui seu comentário