Sou a Thalita Vitoreli, jornalista, 27 anos. Me casei em 2012 e estou aprendendo a curtir a maravilhosa viagem que é o casamento!
Vamos juntas?!
Confira aqui todas as colaboradoras do Tô Casada.com!

Curta no Facebook!

Instagram

Parceiros

+ acessadas

Arquivos

Cartas para um bebê #1

24maio
Publicado por Blog TôCasada.com

cartas para um bebe

Desde fevereiro de 2015 a mamãe havia parado de tomar o remédio anticoncepcional. Eu e o papai decidimos que iríamos deixar as coisas acontecerem normalmente. Queríamos um filho(a) no momento que fosse a vontade de Deus e colocamos esse desejo nas mãos dEle. Não queria me precipitar com aquele monte de exame e neura. A médica ginecologista disse que um caso de infertilidade só deve ser analisado após um ano de tentativa. Então, seguimos nossa vida normalmente. Não ficamos marcando data, fazendo calendário, vendo qual era o dia fértil.

Em alguns exames de rotina, já no final do ano de 2015 a mamãe descobriu que estava com um probleminha chamado ovário micropolicísticos e que isso poderia dificultar a gravidez de uma mulher. O médico propôs duas opções: voltar a tomar anticoncepcional ou optar por um outro remédio. O anticoncepcional seria o tratamento mais eficaz, mas seria regredir com relação à gravidez. Por isso, decidimos tomar essa outra medicação.

No dia 06/12/15, um dia depois do aniversário da mamãe, nós estávamos conversando sobre o futuro, como seria nosso próximo ano, decidimos colocar em oração nosso desejo de ter você! Gravamos até um áudio no celular dizendo o quanto você já era amado, planejado e seria uma bênção de Deus nas nossas vidas. O papai orou com a mão na minha barriga declarando palavras de bênção sobre você.

Logo no início do ano de 2016, fomos viajar para a casa do vovô Tatá e tivemos umas férias maravilhosas no Rio de Janeiro!

Quando retornamos para Londrina, vi no aplicativo do celular que a menstruação estava atrasada. O papai ficou atento nas datas e perguntou quando tinha que descer. Eu disse que estava perto, mas na verdade já estava uns dois dias atrasada.

Um dia o papai foi a centro de manhã e eu pensei em fazer uma surpresa para ele. Fui até a farmácia e comprei um teste de gravidez. Fiz o teste e logo vi se formando uma fitinha vermelha. Fiquei olhando um tempinho e nada da segunda fita aparecer. Confesso que fiquei bem triste e desanimada, mas declarei que estava nas mãos de Deus. Guardei o teste na gaveta para depois dizer ao papai que não tinha sido daquela vez. Quando ele chegou, conversei com ele e fui mostrar o teste dizendo que eu infelizmente não estava grávida. Quando abri a gaveta, peguei o teste nas mãos e então percebi que uma pequena segunda fitinha vermelha tinha aparecido! Acendeu uma esperança tão grande em mim!! O papai dizia: “você está grávida” e ficava beijando a minha barriga e conversando com nosso bebezinho.

Isso aconteceu em um sábado, então decidi que na segunda faria um exame de sangue. Fiz o exame e me disseram que o resultado ficava pronto no dia e que podia ser visto pela internet. Entramos umas mil vezes no site e nada desse resultado aparecer. No dia seguinte, uma terça feira o resultado saiu às 16hs. A mamãe conteve toda a ansiedade e esperou o papai chegar do trabalho para abrirmos juntos. Então, no dia 26/01/15, às 18hs abrimos o exame em casa. Não entendi nada daquele monte de números escritos ali, mas o que mais importava era: estava escrito POSITIVO! Estávamos grávidos de cerca de 5 semanas!

Ficamos muito felizes com a notícia e gratos a Deus pela sua fidelidade e bondade. Oramos agradecendo a sua chegada e colocando todo o período de gestação nas mãos do Senhor. O mundo estava vivendo um surto chamado Zika Virus, transmitido pelo mesmo mosquito da dengue e que se contaminasse a mãe poderia infectar o bebê e gerar sérios problemas de saúde, como a microcefalia. Oramos repreendendo todo mal e pedindo a proteção de Jesus sobre a nossa saúde.

Nós amamos você!

assinatura

Deixe aqui seu comentário