Sou a Thalita Vitoreli, jornalista, 27 anos. Me casei em 2012 e estou aprendendo a curtir a maravilhosa viagem que é o casamento!
Vamos juntas?!
Confira aqui todas as colaboradoras do Tô Casada.com!

Curta no Facebook!

Instagram

Parceiros

+ acessadas

Arquivos

Posts da categoria: Destaque

Chá da Heloísa

02set
Publicado por Blog TôCasada.com

Ufaa…completamos 36 semanas por aqui! Muita correria e expectativa para a reta final

No último domingo, dia 28 de Agosto, foi dia de celebrar com as amigas e familiares a chegada deste menininha linda! Foi o dia do Chá da Heloísa, nossa filha amada e esperada! Uma bênção de Deus nas nossas vidas!

Agradeço a cada uma que participou comigo deste tempo tão gostoso! Agradeço em especial àquelas que me ajudaram a organizar tudo pensando em todos os detalhes: minhã mãe, sogra, cunhadas e amigas da igreja! Obrigada!

Confira um pouquinho deste dia especial nas fotos feitas com tanto carinho pela Natália Teixeira, da empresa Say Cheese.

assinatura_thalita

Cartas para um bebê #8

06ago
Publicado por Blog TôCasada.com

cartas para um bebe

Março


Fomos ver novamente a médica que está cuidando da mamãe e de você. Ela verificou o resultado dos exames e disse que estava tudo bem. Pediu que a mamãe começasse a tomar uma vitamina que faria bem para nós. Voltaremos lá daqui a um mês.

 

Abril – descoberta do Sexo


Dia de descobrir se esse bebê que mora aqui dentro é menina ou menino! Ansiedade mil!

Mamãe desde o começo da gravidez achava que era menino. Para o papai, uma menininha estava a caminho.

A médica olhou de todos os ângulos possíveis e confirmou: vem aí uma princesa, a nossa Heloísa. Estamos muito felizes com a notícia! Eu sempre quis ser mãe de uma menina e poder colocar vestidinho, lacinho, usar roupas tal mãe, tal filha! Meu sonho foi realizado. Seu nome significa que você é saudável, segura, uma guerreira gloriosa e é isso que cremos na sua vida minha filha. Você será abençoada, cheia de vida e saúde, segura em todas as fases e desafios da vida e uma guerreira cheia de graça. Nós amamos você demais!

 

Maio – Cuidados com a saúde e primeira mexida


Na semana do dia 02/05/16 a mamãe teve uma infecção causada por vírus  que ocasionou uma herpes labial e uma íngua bem grande no pescoço. Ficamos bem preocupados, mas fomos ao médico e esse problema não influenciaria a gravidez. Comecei a passar pomada e esperei o machucado sarar. Apesar de não passar bem durante essa semana, no dia 02/05/16 você mexeu pela primeira vez na barriga da mamãe. Foi bem emocionante sentir você se encaixando e procurando o melhor lugarzinho pra ficar. Foi logo cedinho quando a mamãe acordou.

 

No dia 04/05 tivemos mais uma consulta com a GO, Dra. Damiana. Fizemos a carteira de gestante e pude ouvir seu coraçãozinho e ver que estava tudo bem. Ao final do mês vamos fazer mais um exame de ultrassom e ver a formação dos seus órgãos.

Menininha do papai e da mamãe: estamos te esperando!!

assinatura

Sobre o consumismo, gravidez e moderação

23jul
Publicado por Blog TôCasada.com

consumismo

Esses dias atrás estava pensando na relação que existe entre a gravidez e o consumismo. É impressionante, mas o fato de se descobrir grávida já te leva para uma nova dimensão em que palavras como COMPRAR, PROMOÇÃO, ESSENCIAL, ÚTIL passam a fazer parte do seu vocabulário.

Móveis, roupas, carrinho, itens de segurança, higiene, decoração. São tantas coisas novas a se pensar que fica difícil para uma mãe de primeira viagem decidir sobre o que, quando e em que quantidade comprar. E mesmo que a gente tente fugir do excesso, aquele lado ‘imagina minha menininha dentro deste vestido’ grita dentro de você. E o Google, coitado, sofre com tantas pesquisas que a gente faz.

O fato é que, se não tivermos cuidado, iremos repetir o erro de tantas mamães. Compraremos coisas em excesso, ficaremos com vários itens que não foram sequer usados e entraremos em um ciclo difícil de sair depois que o bebê nasce: o tal do consumismo.

Não estou querendo tirar o lado mágico da gravidez. Pensar cada coisinha do seu bebê com carinho e amor é maravilhoso. Eu acredito que faz parte de todo o processo da gestação esse planejamento e dedicação e diz muito sobre como esse bebê será recebido no seio da família.

Fico parada na porta do quartinho da minha filha só admirando os detalhes e pensando em como Deus é bom ao permitir que a gente realize nossos sonhos. Me envolvo em tudo o que posso fazer manualmente para esse pequeno ser que é uma parte de mim. Abro as gavetas e cheiro aquelas roupinhas diariamente imaginando quando elas estiverem preenchidas com nossa filha. Faço listas do que ainda está faltando e fico contando os dias em que a Helô dará seu hello ao mundo. Quero preparar o ambiente para recebê-la da melhor maneira possível, com itens úteis e de qualidade, porém não quero ensinar o consumismo para minha filha antes mesmo dela nascer.

Pensando nisso, desde o início da gravidez tenho tentado colocar em prática algumas atitudes e quero compartilhá-las com vocês no post de hoje. Não estou, de forma nenhuma, dizendo que consegui seguir essas dicas à risca. Em alguns casos errei, comprei itens demais de determinado tamanho, teimei em querer algumas coisas que não eram tão imprescindíveis assim. Mas tenho tentado gastar com moderação e planejamento aliando qualidade com preço justo. Que missão! Vamos às nove sugestões?

1. Não fuja da sua realidade


Cada casal vive uma situação financeira e querer fugir disso é criar uma fantasia, uma vida de mentirinha. Você pode planejar um quartinho lindo gastando aquilo que está dentro de suas possibilidades. Em alguns casos é preciso fazer trocas inteligentes, optar por aquilo que é mais útil. Isso não significa que você não possa sonhar, planejar, pechinchar…

Essa dica é válida também para a questão do espaço que você tem disponível para o quartinho do bebê. Pode acontecer de não caber tudo o que você gostaria dentro deste ambiente e adaptar-se é necessário!

2. Planeje-se e estipule um limite de gastos


Não compre aquilo que não tem condições de pagar e não faça dívidas altas à longo prazo. Busque ter tudo pago até a data previsa para o nascimento do bebê. O ideal é fazer um planejamento financeiro de tudo o que é necessário comprar e o preço médio de cada coisa. Dessa forma você consegue visualizar o investimento total e ver onde é possível cortar algum gasto, se for necessário.

Aqui em casa a gente fez um planejamento mensal e a cada mês tínhamos um valor para investir nas coisas do bebê. Dessa forma íamos comprando os itens por ordem de prioridade. Por exemplo, o berço é mais importante do que a poltrona, certo? Então, se for necessário escolher, opte pelo que é essencial.

3. Ouça conselhos de quem já passou por isso


Se você é mamãe de primeira viagem é muito comum ter dúvidas na hora das compras. Fica difícil saber a quantidade, tamanho dos itens, o que é útil e o que não é. Por esse motivo sempre é bom ouvir conselhos de quem já passou por isso. Converse com outras mamães e ouça as experiências do que deu certo e do que não deu. Leia sobre o assunto em blogs e sites voltados à gravidez. Se tiver uma amiga ou familiar que teve bebê recentemente convide-a para acompanhá-la durante as compras!

4. Pesquise


Eu não tinha ideia de quanto custava alguns itens de bebê e enxoval, por isso, diante de uma liquidação, não saberia dizer se algo estava com um bom preço ou não. É importante você ficar mais ligada sobre o preço médio dos produtos que precisa comprar. Dessa maneira, quando ver algo que a interesse pode decidir mais acertadamente sobre comprar ou não.

5. Coloque a mão na massa e envolva a sua família


Toda família tem alguém com talento, não é mesmo? Aquela tia que costura bem. A mãe que sabe de artesanato e pintura. A sogra que cozinha como ninguém e pode fazer os quitutes do chá de bebê. Talvez até você possa aprender algo novo e colocar a mão na massa. Basta aliar um pouquinho de força de vontade e tempo.

Para economizar no quartinho da Heloísa, nós contamos com a ajuda de algumas pessoas especiais. Comprei todos os tecidos pela internet e minha tia costurou o kit berço, almofada amamentação, porta fraldas e trocador. Só para uma rápida comparação (farei um post mais detalhado sobre o assunto) gastei com todos esses itens prontos o equivalente ao que gastaria apenas no Kit berço por exemplo. Uma economia considerável.

Minha mãe nos ajudou fazendo os enfeites da decoração do quartinho que tem como tema passarinhos e nuvens. Móbile, enfeite de porta, passarinhos decorativos. Tudo muito lindo gastando bem menos do que se fosse comprado por fora. Ah, ela também fez lindas lembrancinhas de nascimento, além de pintar a prateleira de nuvem.

Eu não tenho aquela habilidade manual, mas gosto de fazer umas coisinhas no computador. Desenvolvi os quadrinhos com uma identidade visual bem fofinha e que utilizamos na decoração do quarto da Heloísa.

O papai colocou o papel de parede no quarto e ficou todo todo. Deu muito trabalho, mas também representou uma significativa economia. Além disso montou os móveis também. Vocês acreditam que um montador cobra cerca de 70 reais para montar um berço?

Não estou dizendo que você não irá gastar, mas que pode economizar se tiver pessoas para ajudá-la! O resultado: um quartinho e roupinhas de bebê com identidade e a cara da família! Aquela sensação: ‘eu que fiz’ é maravilhosa, você não acha?

6. Aproveite liquidações e trocas de showroom


É comum em shoppings e centros comercias a realização de pelo menos duas liquidações anuais nas mudanças de estações. Esse pode ser um bom período para você adquirir produtos com preços relativamente mais baixos. Tenha sempre uma lista do que precisa para não comprar em grande quantidade e se empolgar! Atente-se para a estação em que o bebê vai nascer e quantos meses ele terá quando utilizar a roupa que você pretende adquirir. Essas liquidações também são uma oportunidade de comprar roupas para gestante. Eu comprei algumas peças em um loja ótima pela metade do preço e tenho usado com bastante frequência.

Outra oportunidade muito boa para compra de móveis são as trocas de showroom que as empresas costumam fazer. Geralmente as peças são de ótima qualidade. Antes mesmo de engravidar em sempre via um berço na vitrine de uma loja e era apaixonada por ele. Alguns meses depois, a loja fez a troca de showroom e consegui comprar o berço com 700 reais de desconto! Mas fique atenta se o produto não apresenta nenhum defeito, avaria e se o desconto é realmente real.

7. Reaproveite, compre usado


Você certamente já ouviu falar que algumas coisas de bebê são usadas por tão pouco tempo que ficam com aparência de novos, não é mesmo? E isso é uma grande verdade! Por isso, em alguns casos é possível comprar itens usados com preços bem melhores e com a qualidade similar a um produto novo. Não estou dizendo que a aquisição de produtos usados é uma obrigação e que comprar algo novo seria consumismo, mas caso você deseje economizar neste aspecto pode fazer esta opção.

E se você tem um dom para as artes, criatividade e disposição, pode comprar alguns móveis usados e reformá-los. Imagina uma cômoda antiga como não ficaria linda depois de uma reforma? Dá uma olhada nessa que achei nas pesquisas pela Internet:

comoda_antes_depois

Eu sempre quis ter uma poltrona de amamentação no quartinho de bebê, mas estava em dúvida porque o valor era alto e também porque o espaço disponível era pequeno. Mas, diante de uma oportunidade, resolvemos comprar a poltrona. Aproveitamos um bazar que estava acontecendo na igreja e adquirimos o produto por 200 reais. À primeira vista você não dava nada para a poltrona porque o tecido não era bonito e estava bem detonado. Mas, com uma boa reforma o resultado foi surpreendente. Uma poltrona do jeito que eu queria, reformada e pela metade do preço de uma loja convencional! O que vocês acharam?

poltrona reformada

 

8. Tome cuidado com as comparações


“Mas fulana tem essa mamadeira de vidro, livre de bisfenol A com bico de pétala que simula o seio!” “Ela só usa fralda de determinada marca, deve ser muito boa!” “Importado é sempre melhor!” Vez ou outra você vai se pegar pensando coisas similares e se comparando com outras mamães. Não faça isso. Cada gestação e cada filho é único! Policie-se para não fazer da sua gravidez e criação de filhos uma cópia de outras famílias. Claro que ouvir opiniões, saber das novidades do mercado é muito bom, mas na hora de decidir mesmo o que comprar o que importa é a opinião do pai e da mãe baseada em uma reflexão do tipo: É útil? Tenho como pagar? É necessário? Irá me ajudar significativamente no cuidado com o bebê?

9. Reserve um pouco do dinheiro


A chegada de um bebê pode trazer consigo algumas surpresas. Algum probleminha de saúde não esperado, gastos não previstos na farmácia ou mercado, fraldas a mais de um tamanho específico são alguns exemplos. Por isso, uma sugestão: não gaste todas as suas economias antes do bebê nascer. Reserve um pouquinho para gastos não esperados. Isso te ajudará a não fazer dívidas no cartão de crédito que podem virar uma bola de neve, por exemplo.

Mesmo que você tenha uma condição financeira favorável e que esteja tudo sob controle quando o assunto é dinheiro não se preocupe apenas com aquilo que é material. Esteja atenta ao fato de que além de móveis, carrinho, roupas lindas e itens modernos, seu bebê também (e principalmente) precisa daquilo que não se pode tocar ou comprar: carinho, afeto, amor, atenção, tempo. Ele precisa de uma família.

E você, acrescentaria alguma dica às relacionadas acima? Sua contribuição será muito útil. Eu adoraria ouvi-la!

Um abraço,

assinatura_thalita

Cartas para um bebê #7

19jul
Publicado por Blog TôCasada.com

cartas para um bebe

A bisavó da mamãe se chamava Philomena. Sua tataravó! Já estava com 91 anos, muito velhinha e no dia 29/03/16 ela faleceu. Toda a família (uma grande família filha!) ficou triste com a notícia, porém sabendo que o tempo dela havia chegado e que ela cumpriu sua missão nesta Terra muito bem. O coração fica apertado em saber que você não poderá conhecê-la pessoalmente, mas feliz com a oportunidade de falar sobre ela com você e poder te ensinar um pouquinho do que aprendi através dela!

A mamãe aprendeu muitas coisas com a forma que a bisavó viveu a vida que quero ensinar para você. Ela era uma mulher muito amorosa, forte e corajosa. Valorizava a família e amava a DEus de todo o coração.

Todas as vezes em que eu ia até a casa dela encontrava-a lendo a Bíblia com aquele óculos na ponta do nariz e cordinha pendurada no pescoço. Ela valorizou a Palavra de Deus e não só lia, mas vivia essa verdade. Meu desejo e oração é que você também possa amar a Deus e Sua Palavra!

Cerca de uns três anos antes, em 2014, o bisavô Guerino, que era o marido da bisavó Philomena havia falecido e depois desse dia ela foi ficando cada vez mais fraca. O casamento com o bisavô durou mais de 72 anos! Isso nos mostra que o amor é possível, basta querer! A família é nossa prioridade e faz parte do plano de Deus para o homem. Você está chegando no mundo em um tempo em que dizem que a família não é importante, mas quero te dizer que não importa o que o te digam, a família é o bem mais precioso que o ser humano possui.

Uma das memórias mais fortes que tenho da minha infância na casa da bisavó é das tardes em que toda a família ia para a casa da bisavó fazer pamonha. Cada um tinha uma função e no final todos nós nos deliciávamos comendo aquela pamonha deliciosa. A casa era simples, mas cheia de amor. Outra lembrança que tenho é da Kombi que passava pegando vários primos e levando para a igreja. Isso não tem dinheiro nenhum que paga.

Nós amamos você e queremos deixar lembranças e marcas como estas em sua vida! Você é nossa herança mais preciosa!

assinatura

Cartas para um bebê #6

02jul
Publicado por Blog TôCasada.com

cartas para um bebe

Hoje é dia 08 de Março de 2015, data em que comemora-se o Dia Internacional da Mulher. A tão esperada primeira ultrassom chegou! A médica colocou o aparelho na barriga da mamãe e antes que ela falasse qualquer coisa eu logo pude ver você nitidamente. Sua cabeça, seu corpinho já eram visíveis e olha que você tinha 4 centímetros. Escutamos seu coração que batia a 140 por minuto. Foi constatado que a mamãe estava de 11 semanas de gestação. Eu e o papai ficamos emocionados e felizes em te ver pela primeira vez. Oramos para que você viesse saudável, que seu desenvolvimento fosse como o esperado e que todos seus órgãos funcionassem de maneira perfeita.

_____________

No dia 21/03/16 realizamos mais um exame de ultrassom para ver você e a expectativa era grande para saber se era uma menina ou um menino, porém a médica não quis confirmar o sexo. O papai estava junto conosco novamente. Nesse dia foi feito um exame importante que chama translucência nucal que mediu o tamanho da sua nuca e do ossinho do seu nariz para verificar se poderia ter algum problema de saúde. Deus tem guardado você e está tudo bem com a sua saúde. Ficamos muito felizes e agradecidos com isso. O exame estava tudo certo e além dessas medidas, a médica também verificou os batimentos do seu coração, o seu estômago, intestino. Vimos até os dedinhos da sua mão e o seu fêmur! Você se mexia bastante na barriga da mamãe.

Você é um bebê muito amado e esperado! Um presente de Deus nas nossas vidas e a melhor herança que a gente poderia receber de Deus!

assinatura